Oficina "Meimei" (artesanato)

Aprendizado e prática de diversas técnicas de artesanato. Além de desenvolver habilidades artísticas, promove a auto-estima e afasta crianças e adolescentes das ruas.

Nesse programa são desenvolvidas diversas técnicas artesanais tais como pintura em tecido, velas, mosaico, cerâmica, crochê, bordado, arte em jornal, marcenaria, macramé, cartonagem e tecelagem. A oficina conta com 2 coordenadores, 23 colaboradores e auxiliares, entre voluntários e remunerados, sendo 2 faxineiras. Todos os auxiliares são moradores da Rocinha.

As atividades consistem de aulas teóricas e práticas com duas horas de duração. Estas aulas ocorrem às 3ª, 4ª, 6ª feiras e aos sábados. Na parte da manhã: 3ª,6ª e sábados, das 8:30 as 10:30; na parte da tarde: 3ª e 4ª das 14:00 as 16:00. A Oficina funciona durante o ano todo, fazendo recesso apenas no fim de ano para as festas de Natal e Ano Novo.

Os objetivos específicos da Oficina Meimei são desenvolver habilidades manuais e artísticas, uma oportunidade de desenvolver a auto estima e a socialização. Propicia também para alguns o desenvolvimento e a capacitação para uma fonte geradora de renda. Da mesma forma que as demais atividades do Projeto Social Maria de Nazaré, a Oficina Meimei atua principalmente para favorecer crianças e adolescentes na faixa de risco da comunidade, criando mais uma linha de atrativo que mantém essas crianças e adolescentes fora das ruas. Em menor parcela, a freqüência também é de mulheres, que geralmente não podem trabalhar fora de casa. Estas aprendem alguma técnica que lhes proporcionar alguma remuneração.

Crianças e adolescentes desenvolvem habilidades e capacidades. Mulheres sem capacidade de absorção pelo mercado formal de trabalho geram para si alguma renda com venda de produtos elaborados com as técnicas aprendidas na Oficina. Os trabalhos produzidos na Oficina são vendidos em feiras ou bazares promovidos pelos próprios trabalhadores da Oficina. Em 2007 foram produzidas mais de 2.000 peças de artesanato.